segunda-feira, 14 de junho de 2010

Pentagono em Curitiba


A noite não podia estar diferente na cidade zero grau, o frio compareceu forte novamente e logo de ínicio tivemos uma abordagem histórica dos nossos tão "adoráveis" Guardas Municipais, que fecharam as duas esquinas da quadra em frente ao John Bull Music Hall para colocar todos naquela "bela" situação de enquadro desnecessário por descriminação, infelizmente o que não é novidade para quem faz parte da Cultura de rua de nosso país.
Como entre as dificuldades o Rap nunca parou continuamos e com a casa novamente cheia para curtir com Arcanjo aquecendo geral para entrada de Rincon Sapiência e DJ A.s.m.a. agitando a galera com a energia do funk e toques de berimbau misturadas as batidas do rap.
Pentagono subiu no palco próximo as 3:30 para não deixar ninguem parado, Time do Loco veio com um arsenal de músicas novas e antigas do início da caminhada do grupo, todas ricas de nossa cultura brasileira. A música de lembrança e reconhecimento a DJ Primo com certeza marcou a todos curitibanos que aplaudiram novamente com orgulho nosso representante da cultura urbana que está em um bom lugar, a música "É o Moio" fechou o show em grande estilo onde geral levantou os braços pra cima e cantaram todos juntos com empolgação.

Confiram o vídeo da abordagem dos policiais
video

1 comentários:

Jeh disse...

Como sempre o abuso da autoridade!!
Foi uma cena lamentável...mesmo com o acontecimento desnecessário o show foi DEMAIS...é muito bom ver o rap crescendo a cada dia,sendo reconhecido! Que continue assim melhorando a cada show... evolução é sempre necessário!
Abraço galera..
Jéh ;)